Follow by Email

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

ADESE sugere em reunião com DNIT que área da Fundação Belo Amor receba reposição florestal, projeto de contrapartida do contorno rodoviário



Reunião denifiu propostas de área de degradação para reposição florestal em Caicó/RN

Uma reunião realizada esta manhã, 26 de outubro, na sede da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó (ADESE), discutiu a sugestão de espaços físicos que poderão ser usados para reposição vegetal, através de contrapartida de supressão vegetal das obras do contorno rodoviário de Caicó, obra executada pelo Consórcio TB&CSL, formado pelas empresas Toniolo Busnello e Construtora Sachi.

Segundo o IDEMA/RN, com base em mudanças no contorno rodoviário, foi exigido do Consórcio que houvesse reposição florestal da vegetação que foi retirada, em torno de 32 hectares. Com isso, o Instituto iniciou a procura de áreas de reposição e através do ICMBio/Estação Ecológica do Seridó  indicou a ADESE, solicitando uma cooperação técnica dela, afim de identificar locais degradados ou que possam receber tais atividades compensatórias.

Nesse ponto, houve um consenso entre os participantes da reunião, e sugestão da ADESE, que o local a ser feito a reposição florestal poderia ser a Fundação Belo Amor. Entre os pontos de destaques para a escolha do lugar: É uma área de Caatinga, possui um projeto social relevante em andamento, fica próximo a BR 427, facilitando a visita de escolas e pesquisadores,  e o mais importante, o lugar encontra-se  próximo ao rio Seridó.

De acordo com Procópio Lucena, Conselho Administrativo da ADESE, "A preocupação da ADESE é poder inserir a Fundação Belo Amor como um lugar socioambiental e educacional, para assim ser um espaço para escolas, onde serão feitos estudos da Caatinga e da biodiversidade da região, pensando sempre nas características vegetais do lugar e da região " disse.

O projeto será feito pela Geo sistema, empresa de consultoria de Recife/PE, que enviou Ana santos e Fabiana Griz, engenheira florestal e engenheira civil, respectivamente, para supervisionarem a obra do contorno rodoviário, e também conhecer o local escolhido para receber a reposição florestal. Segundo as engenheiras, logo após o conhecimento da área, o projeto será elaborado e quando concluído enviado ao IDEMA para possível aprovação, se aprovado será remetido ao DNIT, este responsável pela execução da obra juntamente com o Consórcio.

A reunião contou com a presença do Diretor-Presidente da ADESE, Galvão Freire, do Conselho da ADESE, representando por Procópio Lucena, e da Gestora Ambiental da ADESE, Paula Salmana, funcionários do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), do engenheiro do Consórcio que executa a obra, e de engenheiras florestais da Geo Sistemas.

Ivanilson Barros Júnior
Assessor Comunicação Centro de Apoio ao CBH PPA
Rua Otávio Lamartine, 891, Centro - Caicó-RN
Tel.: 84 3417-2948 - Cel.: 8896-1840
CEP 59300-000

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Adese agradece o seu comentário!