Follow by Email

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Território de Cidadania do Seridó visita Núcleo de Produtores da Serra do Cajueiro localizado na Serra de Santa´Ana, Município de Florânia/RN


No dia 19 de setembro a equipe da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó (ADESE)  esteve participando da  reunião do Colégio Territorial  do Seridó no Núcleo de Produtores da Serra do Cajueiro, no Município de Florânia/RN, que fica localizado na Zona Rural. 
A reunião, iniciou às 10h30min e terminou às 13h, teve seu fim com a visitação ao processo de produção das polpas de frutas pelo Núcleo de Produtores Cooperados da Comunidade Cajueiro. A visita foi intermediada e apresentada pelo Técnico Agrícola do Núcleo, Carlos de Medeiros Costa.
O técnico,inicialmente, fez a apresentação das salas, lugar onde é feito toda a produção. O galpão dispõe de 13 freezers e três salas interligadas, que dividem o trabalho em três etapas. Na primeira sala, as frutas chegam e é feita a pré-seleção delas (nesse processo é retirada as frutas esmagadas ou estragadas), logo após este processo estas seguem para uma caixa higienizada, que depois serão colocadas em um tanque de enxague, para retirada de areia, pedaços de folhas ou galhos, e depois para outro tanque que irá retirar o cloro utilizado na limpeza das frutas. Ainda na primeira sala, após a lavagem e limpeza, começa o processo de corte das frutas, no caso do caju, a retirada da castanha e da manga, o caroço. No caso, cada fruta tem suas peculiaridades de corte e extração do caroço. Esse processo, segundo o técnico, segue todas as normas recomendadas pelo Ministério da Agricultura.
Após o processo da primeira sala, as frutas são colocadas em baldes de alumínio e levadas a segunda sala, como se fosse o coração do despolpamento da fruta. Nessa sala existem um liquidificador e dois despolpador, este usado para separar a fruta dos bagaços. Nesta sala também é pesado toda a quantidade de fruta produzida por cada produtor. Cabe salientar que este processo também é verificado na primeira sala, quando as frutas chegam no galpão e verificado novamente na segunda sala. Logo após a pesagem, as frutas seguem para a terceira sala onde será envasado nos sacos, cada saquinho de polpa pesa 500g.
O Núcleo de produtores trabalha com 15 pessoas que se dividem em vários trabalhos, nas salas trabalham 7 pessoas que fazem todas as etapas. O Núcleo recebe a produção de seis tipos de frutas diferentes produzidas pela comunidade: caju, manga, goiaba, graviola, acerola, cajá. São 90 famílias produzindo mais de 4 toneladas de frutas por quinzena, que rende por mês mais de 10 toneladas ao mês, envasadas e destinadas a projetos governamentais, entregues no município de Flôrania e Santana do Matos.
Segundo o Técnico Carlos Medeiros, a demanda varia de um produtor a outro, o importante é tentar atender a todos. Entretanto, o Núcleo trabalha com uma meta, que pode ser 1500kg de frutas ao mês, que irá render 1000kg de polpa, cálculo que rende 50% das frutas produzidas.
Uma característica de qualidade das polpas de frutas do Núcleo, conhecida na embalagem por 'Cajueiro Fruit', é o tempo que a fruta é colhida para a entrega no galpão. O tempo de coleta para o processamento da polpa, quanto menor for esse tempo, maior vai ser a escala PIQ, Padrão de Identidade e Qualidade. Esse processo também é determinado pelo Ministério da Agricultura através de portaria, nela é definido o tempo de PIQ para o envasamento da fruta. No Núcleo de Produtores todos os dias é feito a medição do tempo de coleta e envasamento, para quantificar, e notificar como padrão de qualidade. Geralmente o Núcleo gasta o tempo médio de no máximo 60 minutos. Interessante notar neste processo é que se o tempo for acima do estabelecido, ou seja, se houver demora, a fruta vai perdendo as vitaminas, no caso do caju e da goiaba, pode-se perder toda a vitamina C presente nelas.
Além da polpa atualmente funcionam seções para beneficiamento de Doce e Mel de Abelha. Segundo Manoel Luiz, as perspectivas do nosso produto frente ao mercado são positivas, no sentido de aumentar ainda mais a produção e ampliar o mercado de consumo, como requisitos para dar continuidade ao ciclo de crescimento produtivo e econômico da comunidade Cajueiro e adjacentes.

O Núcleo de Produtores Cooperado da Comunidade do Cajueiro, localizado na Comunidade do Cajueiro, está localizado na microrregião da Serra de Santana, que é uma das microrregiões do estado do Rio Grande do Norte pertencente à mesorregião Central Potiguar que possuem nove municípios: Bodó, Cerro Corá, Florânia, Lagoa Nova, Jucurutu, Currais-Novos, Santana dos Matos, São Vicente, Tenente Laurentino Cruz, região está que está 700m de altitude, favorecendo a plantação e a produção de vários tipos de frutas.

Para chegar, o acesso se dá pela cidade de Florânia/RN. A distância da cidade até a comunidade é 12kms, subindo a Serra de Santa´Ana. Lá além da Comunidade que é bastante acolhedora, o visitante pode conhecer vários pontos turísticos, como  o Mirante  da Serra, com uma visão privilegiadas de varias localidades da região, e o conhecido Pau do Oco.

Ivanilson Barros Júnior
Assessor Comunicação Centro de Apoio ao CBH PPA
Rua Otávio Lamartine, 891, Centro - Caicó-RN
Tel.: 84 3417-2948 - Cel.: 8896-1840
CEP 59300-000


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Adese agradece o seu comentário!